Medidas excecionais para um futuro melhor

Medidas excecionais para um futuro melhor

 

A pandemia veio mudar invariavelmente o mundo laboral e a Eurospuma não é exceção. Integrada num dos concelhos de risco elevado, a empresa teve de adotar medidas de prevenção e mitigação dos riscos decorrentes da pandemia, nomeadamente teletrabalho, adoção de escalas de rotatividade e horários diferenciados de entrada, saída e pausas para refeições.


“Tudo temos feito para encontrar um equilíbrio que nos permita honrar os compromissos com clientes e colaboradores. Na área fabril não há espaço para o teletrabalho e a nossa grande dificuldade é conciliar os novos horários com a vida das pessoas e as necessidades produtivas da Eurospuma”, explica a administradora Ana Morais.


Outra das grandes preocupações tem sido garantir as condições de segurança aos trabalhadores, nas instalações da Eurospuma. A forma de trabalhar terá de ser repensada, de acordo com a especificidade de cada função.


A escassez e aumento de preços das matérias-primas utilizadas no processo produtivo da Eurospuma tem sido outro problema.
“Não podemos prever como é que o mercado vai continuar a reagir à pandemia e o que acontecerá à economia no nosso país. Temos trabalhado sobre incertezas e isso preocupa-nos”, acrescenta Paulo Morais.


linkedin social icon facebook social icon twitter social icon