Posso medir o conforto de um colchão?

Posso medir o conforto de um colchão?

Na hora de comprar um colchão imaginamos uma solução confortável. Contudo, o conforto é um conceito relativo e abstrato porque varia de pessoa para pessoa. Sendo assim, como podemos medir o conforto de um colchão?

Devemos começar por considerar dois aspetos: as características que protegem a nossa saúde e o nosso gosto pessoal. A mistura dos dois resulta no colchão mais confortável para cada utilizador.

Ainda que um dos fatores a considerar seja a dureza do colchão, também este depende do gosto de cada um. Há quem opte por colchões mais moles e quem prefira aqueles mais duros. A verdade é que um colchão mole demais causa o afundamento do corpo, e assim, o desalinhamento da coluna. Se o colchão for duro demais, causa dores nas costas porque não alivia a pressão do nosso corpo. Claro está que a posição em que a pessoa dorme também influencia esta escolha. Por exemplo, dormir de lado pede uma espuma que se molde ao nosso corpo por isso um colchão duro para quem dorme de lado é desconfortável.

Do mesmo modo, o conforto térmico afeta diretamente a qualidade do sono. A regulação da temperatura durante o sono depende da capacidade do colchão de dissipar o calor libertado pelo corpo. Assim, as características das espumas utilizadas no colchão e a cobertura do mesmo são determinantes para o conforto do utilizador. Na Eurospuma, procuramos soluções que potenciem a dissipação de calor através das nossas tecnologias Coolflow, Coolgraph, Titanium e Cuprum.

Seguidamente, o suporte e a distribuição da pressão do corpo durante a noite garantem o alinhamento correto da coluna vertebral nas diferentes posições em que dormimos. Para garantir a distribuição de pressão devemos optar por espumas viscoelásticas já que se adaptam ao corpo e distribuem homogeneamente a sua pressão, para que os músculos possam relaxar. Para tal, aconselhamos a nossa Eurospuma visco, Coolflow, Coolgraph, Omnitemp, Cuprum, Titanium, Omnisoft e Ecofoam. Para garantir um suporte customizado, opte pela revolucionária Energex que agrega o alívio de pressão de uma espuma viscoelástica com o suporte de uma espuma de alta resiliência para um conforto à medida do utilizador.

A densidade interfere na resistência mecânica do colchão, comprometendo as suas propriedades com o uso ao longo do tempo. Na Eurospuma, aconselhamos uma densidade mínima de 30kg para colchões de forma a garantir o suporte necessário para uma utilização prolongada. Portanto, a experiência do utilizador depende, também, da durabilidade do conforto inicial.

Adicionalmente, a constituição do colchão tem impacto na sensação de conforto do utilizador. As diferentes camadas, as suas espessuras e os desenhos de corte vão resultar numa sensação única a cada configuração.  

Em suma, não pode ser definido um nível de conforto único e absoluto de um colchão, já que este conceito varia de pessoa para pessoa. No entanto, assegure-se que o seu colchão tem as características necessárias para garantir o alinhamento das suas costas e um toque pessoal para desenvolver a solução ideal.


linkedin social icon facebook social icon twitter social icon