A utilização de um topper é eficiente?

A utilização de um topper é eficiente?

 

Para ter uma boa noite de descanso há um conjunto de hábitos que deve adoptar. No entanto, sem um bom sistema de descanso, o seu sono poderá ser comprometido. E nem sempre a solução é livrar-se do colchão.

 

Acorda com dores nas costas? Sente que o seu colchão é duro? Não arranja posição confortável durante a noite? Há muitas queixas que o podem levar a (re)pensar adquirir um novo colchão, mas, às vezes, basta dar-lhe uma nova vida com uma camada extra de conforto. Como? Adquirindo um topper.

 

O topper é um elemento com 50 a 80 milímetros de espessura, colocado em cima do colchão, composto por um núcleo e uma cobertura. O seu objetivo principal é personalizar o conforto do colchão e aumentar a vida útil do seu sistema de descanso.  Por exemplo, se um colchão é demasiado firme e não se adapta ao seu corpo, o topper poderá funcionar como uma camada extra de suavidade.

Apesar do topper ser um recurso economicamente apetecível e que resolve o seu problema de conforto no imediato, não deve ser encarado como solução definitiva.  Se o seu colchão já tem mais de 10 anos de vida útil e está danificado, o topper não vai resolver o problema.

diferentes materiais que podem ser utilizados num topper, escolhidos em função das sensações que se pretendem alcançar.  Os toppers de espuma viscoelástica são das opções mais requisitadas do mercado, por se tratar de um material que se adapta ao corpo, distribuindo homogeneamente a sua pressão para que os músculos possam relaxar.

 

Na Eurospuma, dispomos de um conjunto de soluções ao nível dos toppers de forma a responder às necessidades de cada utilizador.

O Topper Luxe Coolgraph (link) tem espuma viscoelástica com tecnologia Coolgraph, tornando a espuma 10 000 vezes mais efetiva na dissipação de calor. O Topper Confort Coolflow reduz a dureza do colchão e elimina as pressões desnecessárias, sem comprometer a circulação de ar. O Topper Basic é uma solução mais económica, com uma camada de espuma viscoelástica que recupera devagar depois de comprimido sem sofrer alterações à sua forma inicial.

 

Em resumo, a utilização de um topper é eficiente quando pretendemos adicionar uma camada extra de conforto ao nosso sistema de descanso, mas não pode ser visto como solução a longo prazo para um colchão deteriorado.


linkedin social icon facebook social icon twitter social icon